25 mortos: Acidente na BR-324 é o mais fatal desde 2011

25 mortos: Acidente na BR-324 é o mais fatal desde 2011

25 mortos: Acidente na BR-324 é o mais fatal desde 2011

Um trágico acidente ocorreu na noite do último domingo (7), na BR-324, no trecho da cidade de São José do Jacuípe, no norte da Bahia, a cerca de 290 km de Salvador. Um ônibus de turismo que seguia destino Jacobina, colidiu com um caminhão e deixou 25 pessoas mortas e sete feridas. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acredita que um dos motoristas tentou uma ultrapassagem indevida, o que ocasionou a batida entre os veículos. A prefeitura de Jacobina organizou um velório coletivo nesta segunda-feira (8) e decretou luto de sete dias na cidade.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 23h30 da noite do domingo (7), no km 381, entre as cidades de Nova Fátima e Gavião. Morreram 22 pessoas que estavam no ônibus sentido Jacobina após retornar de um passeio na RM de Salvador e três pessoas no caminhão, que transportava mangas. Entre as vítimas foram identificadas homens, mulheres, gestantes, crianças e adolescentes. Desses, 24 não resistiram aos ferimentos e morreram no local do acidente. Uma pessoa morreu após ser levada para um hospital da região. As outras sete pessoas que ficaram feridas por conta do acidente, foram atendidas em unidades de saúde da região. Alguns tiveram alta hospitalar e outros seguem internados em observação

“Foi um choque frontal entre um caminhão que estava carregado de frutas que vinha do Vale do São Francisco, especificamente da cidade de Juazeiro com destino a Feira de santana e um micro-ônibus que saiu de Jacobina, foi a um passeio em Guarajuba na região metropolitana de Salvador e retornava ao município antes da colisão. A equipe da PRF estava próximo ao trecho do acidente e foram os primeiros a chegar e prestar atendimento às vítimas, além de fazer o isolamento do local para análise pericial. acredita que um dos motoristas tentou uma ultrapassagem indevida mas foi aberto um procedimento de investigação tanto pela PRF como também na Polícia Civil onde todas as causas serão investigadas.”, contou Clistenes Silva, agente da PRF.

Em nota, a Prefeitura de Jacobina lamentou o acidente e decretou sete dias de luto oficial no município. O órgão também organizou um velório coletivo  que aconteceu no Ginásio de Esportes Municipal. A prefeitura informou que nem todos os corpos seguiram para o velório coletivo no ginásio na tarde desta segunda-feira (8) pois alguns familiares optaram por uma cerimônia mais reservada e outros corpos demoraram para chegar ao local por conta da liberação do Departamento de Polícia Técnica (DPT), por estarem em municípios diferentes.

O ônibus de turismo da empresa “Naldo Transportes” que levava às 22 pessoas até a cidade de Jacobina, também emitiu uma nota de pesar sobre o ocorrido. “Neste momento de pesar, desejo força aos familiares, amigos e à sociedade Jacobinense. Perdemos filhos, amigos, cunhados, primos e amigos, a dor é insuportável, mas a resiliência em Deus tem que ser maior neste momento. Cumpre informar que a empresa não está medindo esforços para amenizar o sofrimento que é coletivo. Estamos de forma conjunta com os órgãos de segurança pública e Prefeitura Municipal de Jacobina para agilizar a liberação dos corpos e translado dos mesmos, bem como, organizar as ações. Informamos que neste momento está sendo disponibilizado o número da assessoria jurídica para prestar o apoio necessário.”, disse a empresa.

A polícia civil comunicou que colherá depoimentos de testemunhas locais para averiguação do incidente. “A Delegacia Territorial (DT), do município de Gavião, região da BR-324, onde ocorreu uma colisão entre um ônibus de turismo e um caminhão, na noite de domingo (7), segue com as investigações do caso. As apurações têm o apoio da 16ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Jacobina). Laudos periciais do Departamento de Polícia Técnica (DPT), oitivas de testemunhas e outras diligências investigativas vão colaborar para o esclarecimento das circunstâncias do fato.

Com informações de Amanda Queiroz do Jornal Tribuna da Bahia

Compartilhar

Os comentários do Facebook permitem aprovação imediata e garantem um ambiente on-line mais seguro, já que é preciso se identificar para deixar um comentário.
Previsão do Tempo
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-

25 mortos: Acidente na BR-324 é o mais fatal desde 2011